Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Twenty Something

UM LOFT COLECTIVO

 

Lá de quando em vez procuramos ir dar uma voltinha e conhecer mais qualquer coisa no nosso País. Coimbra ganhou desta vez, não porque nunca lá tivesse ido, - a verdade é que até a conheço bem - mas sim pelo simples facto de, entre todos os alojamentos que vi online, este desafiava uma visita . Confesso que como designer me é difícil escolher um espaço que sirva como casa durante um ou dois dias. Procuro sempre um ambiente singular, algo que não conheça, um espaço que me permita andar a dar pancadinhas na parede para reconhecer o material e modo de aplicação... que ao mesmo tempo proporcione uma óptima experiência a um óptimo preço.

Foi assim que dei com os Coimbra Vintage Loft, uma reabilitação de uma antiga Fábrica e Armazém de Lanifícios pelo Colectivo Arquitectos. Não fiquei indiferente ao conceito que me era vendido pelo booking, existiam as seguintes opções : Apartamento XL (um compartimento para cada função), Studio (dois compartimentos) e Loft . Visto os dois primeiros se assemelharem mais ao quarto dito normal, optei obviamente pelo último. 

 

ART + TEHCNOLOGY

 

E se, a nós bailarinas, nos fosse possível criar um desenho com todos os nossos passos durante uma dança?

Parece que esta pergunta motivou a designer Lesia Trubat González. A resposta apareceu em forma de uma inovadora sapatilha capaz de captar movimentos de dança e transforma-los em desenho digital. O E-Traces envia as imagens para um dispositivo móvel através uma aplicação específica.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow