Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Twenty Something

UM LOFT COLECTIVO

 

Lá de quando em vez procuramos ir dar uma voltinha e conhecer mais qualquer coisa no nosso País. Coimbra ganhou desta vez, não porque nunca lá tivesse ido, - a verdade é que até a conheço bem - mas sim pelo simples facto de, entre todos os alojamentos que vi online, este desafiava uma visita . Confesso que como designer me é difícil escolher um espaço que sirva como casa durante um ou dois dias. Procuro sempre um ambiente singular, algo que não conheça, um espaço que me permita andar a dar pancadinhas na parede para reconhecer o material e modo de aplicação... que ao mesmo tempo proporcione uma óptima experiência a um óptimo preço.

Foi assim que dei com os Coimbra Vintage Loft, uma reabilitação de uma antiga Fábrica e Armazém de Lanifícios pelo Colectivo Arquitectos. Não fiquei indiferente ao conceito que me era vendido pelo booking, existiam as seguintes opções : Apartamento XL (um compartimento para cada função), Studio (dois compartimentos) e Loft . Visto os dois primeiros se assemelharem mais ao quarto dito normal, optei obviamente pelo último. 

 

As três tipologias de loft que podemos encontrar possuem a mesma organização e compartimentação, contudo, a disposição das escadas varia consoante o espaço disponível.

Ao entrar, deparamos-nos com um volume central em madeira, dividido por pequenos painéis difíceis de distinguir como fixos ou móveis. Na zona de Estar/Jantar encontram-se uma mesa, duas cadeiras um sofá e uma televisão. Assim que abrimos os primeiros painéis encontramos a cozinha e todas as divisórias necessárias ao seu funcionamento. Tal como na cozinha, existem diversos armário escondidos por detrás dos painéis.

 

 

Através da pequena escada em madeira encontramos o acesso ao quarto no piso superior. Um local acolhedor, junto ao teto, que permite vislumbrar todo o espaço.

 

 

 

 

O facto de não permitir o acesso visual à televisão torna este este espaço num verdadeiro espaço de relaxamento.

A decoração do espaço faz jus ao nome através dos mais variados objectos antigos.

 

 

Sendo assim, aqui ficam os prós e contras desta estadia Vintage.

 

Pontos a favor

Ambiente. É distinto para aqueles que pretendem fugir à rotina.
Acesso simples. Não é preciso chave, é fornecido apenas um código.
Central. Estando localizado na zona História de Coimbra permite um acesso rápido e fácil a pé a todo o lado.

 

Pontos contra

Interruptores. É preciso perder algum tempo para encontrar os interruptores correctos para cada espaço.
Acabamentos da Casa de banho. Talvez tenha sido propositado pintar (mal, muito mal) de amarelo o Mdf das paredes e colocar o chão ao estilo parque de estacionamento, mas sinceramente parece que aquela área foi esquecida por entre o projecto.
Frio. O ar condicionado está colocado junto ao tecto que, tratando-se de um pé direito duplo faz com que a área de Estar/Jantar seja um gelo (A caixilharia original não ajuda).

 

9921849674_5e5a0d4a2c_o (1).jpg

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow